sexta-feira, 10 de maio de 2013

Medianeiro #002: BOAS-VINDA!!!







Foto: http://meublogminhaterapia.spaceblog.com.br/.../O-cavalo-e-seu-cavaleiro/


Medianeiro #002BOAS-VINDA!!!


                                                  Sobre um ginete,
                                                  segue o cavaleiro. 
                                                  porta um bilhete.

                                                  Estrada a fora,
                                                  segue rápido, ligeiro.
                                                  Vai sem demora.

                                                  Segue, vai propagar
                                                  Paz. É Medianeiro...
                                                  Amor a albergar.


Estilo é um criado pelo Giovânia CorreiaPara você compor neste estilo, saiba como neste linkComo Construir um Medianeiro.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Queiex Esmeraldinus #077: TECNOLOGIA CHING LING


Queiex Esmeraldinus #077:
TECNOLOGIA CHING LING
Versometria / Acentuação: Decassílabo / livre
Estrofação: ([6]-[4.2]-[3.3]-[5.1]
Rimada: ABBAAB CDDC DC EFF EEF GHHGG H
Ao ritmo Parnasiano
Bosco Esmeraldo

Indústria Chinesa

●●●●●●
Uma onda mundial, avança de repente,
Uma febre asiática que o mundo assola,
Em todos os países deita e rola,
Tem muito conquistado a toda gente
Apesar de outro tanto indiferente,
Que jocosa fala e diz que é marola.
●●●● ●●
Quem sabe? Talvez seja um Tieng Peng Ting,
Ou Lao Ping, por trás dessa euforia,
Que só aumenta mais a cada dia,
Só sei que tem muito Ming Ring Zing.

Investem pesado em tecnologia
Enquanto nós zombamos de Ching-ling.
●●● ●●●
Não esqueçamos que o Japão pós guerra,
Com 'radinho' de pilha invadiu o mundo,
Zombado, nem aí dominou profundo.

Hoje é potência, e o que só emperra?
Vive importunando, qual tecno-sem-terra.
Com seu pátrio amor, tecno-profundo;
●●●●●
Enquanto criticamos vai a China
Investindo e crescendo e produzindo,
E já é potência, não vá se iludindo,
Pode ir zombando que pra trás se fina,
Pra derrotado é o que se destina.

E vai conquistando a fama o CHING-LING

quinta-feira, 22 de março de 2012

Extrato da Capo Garimpado #036: NO JARDIM SELASTE A VIDA EM ROSA AMOR


Ao ritmo ternário lapidado
Bosco Esmeraldo

Num jardim florido te encontrei tão pura e bela
Selaste nossa vida com uma tenra flor em botão
Que desabrochou numa bela Rosa de nome Amor.

No jardim selaste nossa vida
Florescendo com uma tenra e bela rosa
Tão pura e bela flor de nome Amor.

Tão pura como tenra bela rosa em botão
Florescente selo em vida, Bela Flor
Desabrochando no jardim dando mais flores.

De outras flores que me deste, novas flores
Dessas novas, outras flores, filhos, netas
Do botão chamada Amor, de nós os troncos.

No Jardim, nossa vida, Flor Amor
Florescendo belas flores puras, belas
No Caminho em Verdade, pela Vida.

==============================
À minha bela e doce amada Esposa minha;
Doce flor, bela rosa, Rosiland!

Foto: Flor do Maracujá
Bosco Esmeraldo

quarta-feira, 21 de março de 2012

Extrato da Capo Garimpado #035: NA VIRAÇÃO DA TARDE


 
BOSCO ESMERALDO
Em ritmo: Sextilhado lapidado

Na viração da tarde, ao findar o dia, desce o SENHOR
E contempla a criação, ao gestar de um novo dia
Tudo vai bem, e se compraz com bastante alegria
Sendo o primeiro casal, Sua obra-prima, com louvor
Pondo em dia o bate-papo, seres criados e seu CRIADOR
No término do dia e o início de um novo dia.



Mais que um ritual, um prazeroso encontro;
Mais que um bate-papo, íntima comunhão;
Mais que um relatório, santa adoração;
Mais que obrigação, salutar reencontro.

E no lusco-fusco, nasce a Papa-ceia, já quase a ir dormir,
A primeira que surge logo ao romper da alva, ao sol sair.



Do por ao nascer do Sol, reinam na noite Lua e Estrelas,
Cantando e decantando a a graça e o amor do Altíssimo,
E um dia conta ao outro dia as suas eternas maravilhas.

E a Natureza exultante de gozo, em Sua Presença, brilha,
E os seres que respiram, adoram ao Deus Santíssimo,
E por nosso amor, submisso ao Pai a nós Te nivelas.

Éramos como ovelhas desgarradas, mas Tu nos amaste,
Com o fim de nos restaurar a Si, no Amado,
Fiel Pastor de nossas almas, foi sacrificado,
Resgate por Seu sangue, a todos proclamaste.

CRISTO ressurreto, no Céu recebido e REI DOS REIS coroado.

Extrato da Capo Garimpado #033: NOSSO REFÚGIO SEMPITERNO

BOSCO ESMERALDO
Ao ritmo Sextilhado Lapidado
Estrofação: [6]-[4-2]-[3-3]-[5-1]

Ó SENHOR, Tu és o nosso refúgio em todas as gerações;
Tu és o Deus Altíssimo, de eternidade a eternidade;
Bem antes que os montes fossem formados, é verdade
Tu conheces nossas mentes, Tu sondas os nossos corações,
Livras Teu povo de todo o mal, das desolações;
Teu amor é incondicional e eterna é a Tua bondade.

O SENHOR é Deus Altíssimo, que sonda os corações;
Nosso Refúgio Ele é, Seu Amor é sem igual;
Sonda os nossos sentimentos, cura nossas emoções;
Restaura e nos redime ao Pai, dá-nos vida eternal.

ELE conhece e sonda nossos pensamentos,
E nos livra de todo o mal, e dissipa os tormentos.
 
Mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou;
Tão rápido como a vigília da noite, Seu agir atemporal;
São como um sono; de manhã são como a erva que cresce.

São como relva que cresce e seca tão logo floresce;
Nossos dias são de sessenta anos; alguém talvez passa de tal;
Porém enfado e canseira, é tudo que lhe restou.

Seja sobre nós a formosura do Senhor nosso DEUS;
É ELE quem confirma a obra de nossas mãos;
Transforma em príncipes meros plebeus;
Dá-nos vitória sobre as lutas e os prazeres vãos;
Limpa-nos de nossas culpas e faz de nós filhos Seus.

O SENHOR é o nosso refúgio de geração a geração.

(Garimpado no Salmo 90 de Moisés)

Poesias - O melhor da WEB

Total de visualizações de página

A Hora Certa

Mapa de acesso de Visitantes X Localizações

Mapa de Acesso de Visitantes X Localização
Visitors X Location Map
ip-location